Neste episódio do Tecnopolítica, Sergio Amadeu conversa com Marco Aurélio Sobrosa Friedl, representante eleito pelos empregados no Conselho de Administração do Serpro.O governo Bolsonaro quer privatizar a empresa que detém dados do imposto de renda dos brasileiros e possui um faturamento superior a 3 bilhões de reais e com lucros acima dos 100 milhões. Além disso, o Serpro possui outros bancos de dados estratégicos para o país o que inclui diversos tributos e programas do governo. Estima-se que a empresa seja colocada em leilão por 5 bilhões de reais, podendo ser adquirida por uma grande plataforma estrangeira. Sobrosa explica porque lançaram a campanha Salve Seus Dados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *